quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Revelada a Capa de Up in Flames - 14º livro da Série Rosemary Beach de Abbi Glines


Finalmente saiu a capa de Up in Flames o livro da nossa odiada Nan. Argh!! Eu sempre quis ter o prazer de arrastar a cara dela no asfalto, porque né?! A criatura é uma cretina oficial.  Nossa querida e divosa Abbi Glines informou que esse livro vai ser completamente diferente dos outros da Série de Rosemary Beach, e ainda segundo ela vai ser o melhor tornando-se o nosso favorito. Será? Só sei que já estou muito louca para ler. Vindo da minha diva Abbi Glines eu leria até se ela escrevesse no papel higiênico. rsrs





Abbi acha que todo vilão tem que ter sua história contada. Se ela acha quem sou para discutir. haha E ainda que a história de Nan vá quebrar o molde de Rosemary Beach. Jesus essa mulher está tentando me matar... Resta-nos ficar na esperar e torcer que apesar de tudo Nan tenha o seu final feliz. 


quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Resenha: Desejo Proibido - Volume 1 da Trilogia Desejo Proibido - Sophie Jackson

Título: Desejo Proibido
Autor (a): Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 416


Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas. “Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler.” – The Romance Cover

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Final de Dezembro o/... Uhull!! Vamos que vamos. Foi complicado terminar essa resenha. Houve um bloqueio temporário aqui. Todavia saiu, então vamos lá matar a curiosidade de vocês porque irei revelar alguns dos segredos desse livro.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Resenha: Luta Comigo - Kristen Proby

Título: Luta Comigo - Série With Me In Seattle - Vol. 2
Autor (a): Kristen Proby
Editora: Charme
Número de Páginas: 384


Jules Montgomery está muito ocupada e satisfeita com sua vida para se preocupar com homens, especialmente um como Nate McKenna. Crescer no meio de quatro irmãos lhe ensinou que o mais sensato é ficar longe de homens sexy, tatuados e motoqueiros. Principalmente, se ele for seu chefe. Após participarem de um jantar incrível com os colegas de trabalho, ele violou a política de não confraternização... entre outras coisas, e isso não acontecerá novamente. Jules não vai arriscar sua carreira em troca de sexo alucinante, independente do quanto seu corpo e coração digam o contrário.Nate McKenna não dá a mínima para a política de não confraternização. Ele quer Jules e vai tê-la. As regras que sejam modificadas, ou que se danem. Ele não é o tipo de homem que entra numa briga para perder, e Jules Montgomery está prestes a descobrir como ele reage ao ser ignorado após a melhor noite de sexo que já teve. Ela pode lutar o quanto quiser, mas ele fará de tudo para ficarem juntos.Luta Comigo é o segundo romance da série With Me In Seattle. 

Resolvi ler esse livro ontem quando iria começar a leitura de um livro muito tenso, mas antes resolvi ler um mais leve antes para dar uma relaxada. E funcionou. Haha


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Quotes da Semana: Desejo Proibido - Sophie Jackson



Fala galerinha... Tudo bem com vocês? Estamos em Dezembro finalmente mês de festas e confraternizações. Um mês lindo né mesmo? Enfim eu tinha dado uma sumida aqui do blog, mas por motivos, ou melhor, motivo de doença, mas já estou 100% e aqui estou para alegria geral da nação, ou pelo desse blog. Haha Hoje, eu trago Quotes do livro Desejo Proibido. Confesso que eu já tinha lido há algum tempo, todavia só agora que resolvi fazer a resenha e separar uns quotes. Motivo? Não faço ideia. A resenha será postada em breve. Vamos lá!!

Quotes: 
"Seu gosto forte, com uma pitada de fumaça. Era sublime. Era como se ela tivesse procurado por ele durante toda a vida. Ele fazia sua cabeça parecer leve e pesada, excitada e apavorada, tudo ao mesmo tempo."


“– Eu quero você – murmurou ele no ouvido de Kat, antes de lhe dar mais um beijo atrás da orelha. – Meu Deus, não me importo que seja contra as regras. Quero você.”


"O amor deles estava além das palavras, além da razão, além até mesmo deles dois. Era indescritível, inexplicável, mas inquebrável e inabalável. Sua conexão, o laço que compartilhavam, tinha levado dezesseis anos para ser construído. Mesmo que eles não tivessem se reencontrado, se houvessem seguido a vida, um dia monótono após o outro, ainda assim teriam sido parte um do outro, uma parte silenciosa e integral que sempre existiria, enquanto ambos vivessem."


“O que acontece quando o amor está no limite entre o prazer e o sofrimento?”

“Aos poucos, o corpo dele começou a relaxar sob os dedos carinhosos dela. Ele continuou a olhar para ela de um jeito que fazia a pele de Kat se arrepiar. À medida que o desejo tomava conta de seu corpo, Kat se deu conta de quão próximos eles estavam. Seus corpos se encostavam cada vez que um deles respirava.” 


“- Me diga do que você precisa. - Deus, esta... Esta aqui. – Ele pegou a mão dela e a levou até o seu coração palpitante. – Nunca senti nada assim antes. – Ele lambeu os lábios. – Doí.- Seu coração dói? O rosto dele desabou. Kat observou a água quente escorrer pelo rosto dele.- É seu. Todo ele. – Ele piscou com os cílios encharcados. – Agora seu sei. Carter fez uma pausa.- Kat, eu... – Ele ergueu a cabeça e, com o nariz ao lado do dela, os braços enrolados em seu corpo e o vapor da água formando um casulo em torno deles, abriu a boca, olhou nos olhos dela, e ofegou: - Eu ... Eu... amo você.”